Kadima e trabalhistas assinam acordo para formar governo israelense

Israel chegou mais perto da formação de um novo governo nesta quinta-feira. O premiê Ehud Olmert, do partido Kadima, assinou um acordo de coalizão com seu principal aliado, o Partido Trabalhista, aumentando as chances de que sua política unilateral de estabelecer as fronteiras de Israel até 2010 seja concretizada. A cerimônia formal da assinatura foi precedida por semanas de negociação. Os dois partidos concordaram com a retirada da Cisjordânia, mas ainda discordam em pontos chaves como a política econômica e a divisão das pastas do Gabinete.

Agencia Estado,

27 Abril 2006 | 14h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.