Karzai diz que Paquistão é origem de atentado

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, afirmou ontem que o ataque realizado contra peregrinos xiitas em Cabul, que deixou 56 mortos, foi originado no Paquistão e ressaltou que conversará com o país vizinho sobre o atentado. Um homem dizendo ser do grupo Lashkar-e-Jhangvi al-Alami, uma facção paquistanesa do grupo Lashkar-e-Jhangvi, que lançou ataques contra xiitas no Paquistão, assumiu a autoria do atentado. Uma nova explosão, ontem, em uma estrada da Província de Helmand, ao sul, deixou 19 mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.