AP
AP

Karzai e oposição cantam vitória em primeiro turno

Com apuração lenta e sem resultados oficiais, Karzai e principal candidato dizem estar na frente

Efe,

21 de agosto de 2009 | 04h51

A equipe do principal candidato opositor no Afeganistão, Abdullah Abdullah, afirmou nesta sexta-feira, 21, ter recebido a maioria dos votos nas eleições de quinta-feira. Ela aguarda, no entanto, o anúncio oficial da Comissão Eleitoral. "Estamos na melhor situação. Abdullah, por enquanto, tem 62% dos votos, enquanto (o atual presidente, Hamid) Karzai, apenas 32%", disse o porta-voz da campanha opositora, Fazel Sancharaki.

 

Enquanto isso, a equipe de campanha de Hamid Karzai acredita que o atual presidente será reeleito sem a necessidade de segundo turno. "Nosso candidato está ganhando, não é preciso um segundo turno", assegurou Sediq Sediqqi, porta-voz da campanha de Karzai.

 

A última pesquisa disponível, do International Republican Institute (IRI) americano feita antes das votações, previu que o presidente Hamid KarzaiKarzai teria 44% dos votos e Abdullah, 26%.

 

Abdullah é dentista e ex-ministro de Assuntos Exteriores. O opositor conta com apoio sobretudo entre a etnia tajique, a segunda maior do país e concentrada especialmente no norte. Karzai é pashtun, etnia majoritária no Afeganistão.

 

A lenta apuração dos votos começou ontem mesmo, após o fechamento das urnas, mas a Comissão Eleitoral espera resultados apenas a partir de 3 de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoTalebanKarzaiAbdullah

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.