Karzai mobiliza Exército e polícia após atentado

Segundo presidente afegão, forças estão prontidão para ações de segurança no país

AE, Agência Estado

29 de junho de 2011 | 11h56

CABUL - O presidente afegão, Hamid Karzai, afirmou nesta quarta-feira, 29, que o Exército e a polícia local estão de prontidão para ações de segurança no país. A declaração ocorre um dia após um dos principais hotéis de Cabul sofrer um atentado que deixou 19 mortos, incluindo os oito autores do ataque.

O ataque durou mais de cinco horas no Hotel Intercontinental, em uma das ações mais intensas ocorridas na capital afegã. Helicópteros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) chegaram a disparar foguetes contra atiradores do Taleban que estavam postados no alto do edifício, para acabar com a violência.

Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou o início da retirada de suas forças do Afeganistão. A transferência dos serviços de segurança aos afegãos deve começar oficialmente em sete áreas do país nas próximas semanas, incluindo quase toda a província de Cabul, onde fica a capital do país, também capital provincial.

Os milicianos, com coletes carregados de explosivos, armas antiaéreas e lança-granadas, começaram o ataque às 22 horas de ontem (horário local). Onze civis morreram, entre eles um juiz afegão, cinco empregados do hotel e três policiais locais. Outras 14 pessoas se feriram, segundo autoridades.

A coalizão liderada pelos EUA afirmou que um soldado da Otan morreu hoje no sul afegão. Com isso, subiu para 62 o número de militares estrangeiros mortos no país em junho. Também no sul, um diretor de assuntos religiosos foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira na capital provincial, Cidade de Kandahar. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoatentadohotelHamid Karzai

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.