Karzai pede a Bush que faça mais pelo Afeganistão

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse que seu país tem o "desejo de que a vida humana melhore" no Afeganistão, mas não ofereceu nenhuma garantia pública de que uma guerra com o Iraque não desviará a atenção norte-americana da recuperação afegã. Durante encontro com Bush no Salão Oval da Casa Branca, o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, pediu a seu colega norte-americano que "faça mais por nós para tornar a vida dos afegãos melhor, mais estável e mais pacífica".Karzai disse que "terroristas ainda rondam a região e devemos ser duros e fortes para pegar todos eles e livrar o mundo desta ameaça". E prosseguiu: "Nós os derrotamos, mas alguns inimigos ainda estão lá."No entanto, Bush enfatizou o progresso a ele comunicado por Karzai em termos de retorno das crianças às escolas e de volta dos refugiados para suas casas. "Essas pessoas manifestam sua opinião sobre o futuro do Afeganistão ao tomarem a decisão de voltar para casa", disse Bush.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.