Karzai preside funeral de irmão assassinado em Kandahar

Forte esquema de segurança foi montado para presidente afegão durante cerimônia

Efe

13 de julho de 2011 | 09h45

Afegãos rezam durante enterro de Ahmed Wali Karzai

 

 

Cabul - O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, liderou nesta quarta-feira, 13, na cidade de Kandahar o funeral de seu meio-irmão, Ahmed Wali Karzai, assassinado por seu próprio guarda-costas ontem, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

 

Cercado por fortes medidas de segurança, Karzai esteve acompanhado por membros de seu gabinete, parlamentares, líderes tribais da região e representantes da missão da Otan no país asiático.

 

"Helicópteros voaram ao redor de Kandahar e centenas de agentes das forças de segurança se desdobraram para guardar a residência da família Karzai no distrito de Dand", explicou o porta-voz do governo de Kandahar, Zalmai Ayubi.

 

Ahmed Wali Karzai morreu nesta terça-feira ao ser alvejado por um de seus guarda-costas, que, segundo uma fonte oficial consultada pela Efe, era "amigo íntimo" do homem mais poderoso do sul do Afeganistão.

 

Ainda não estão claras as motivações do assassinato, mas os taleban já reivindicaram a autoria do ataque.

 

O meio-irmão de Karzai já sofrera um atentado em maio de 2009 durante uma visita à cidade de Jalalabad, mas escapou ileso, enquanto um de seus guarda-costas morreu.

 

Ahmed Wali Karzai era considerado um dos principais responsáveis pela proliferação do tráfico de ópio no país, e a imprensa americana o acusara de estar implicado em casos de corrupção.

Tudo o que sabemos sobre:
KarzaiafeganistãoirmãoKandahar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.