Justin Tallis/AFP
Justin Tallis/AFP

Kate Middleton dá à luz uma menina, a quarta na linha de sucessão da coroa britânica

Nas casas de aposta do Reino Unido, Alice, Elizabeth e Charlotte estão entre os nomes mais cotados para a filha do príncipe William

Fernando Nakagawa, Correspondente, O Estado de S. Paulo

02 de maio de 2015 | 07h49

LONDRES - A duquesa de Cambridge Kate Middleton deu à luz uma menina às 8h34 no horário de Londres deste sábado (4h34 no horário de Brasília). Esse é o segundo filho do casal Kate e príncipe William. O Palácio de Kensington, residência oficial do duque e da duquesa de Cambridge, informou que a mãe e a bebê passam bem e o nascimento aconteceu "com segurança".

A bebê nasceu com 3,71 quilos às 8:34 (4:34 no horário de Brasília), pouco mais de duas horas após Kate e William darem entrada no St. Mary's Hospital. Logo após a notícia do nascimento, gritos foram ouvidos entre as dezenas de fãs da família real que fazem plantão há quase duas semanas em frente ao hospital.

A bebê é a quarta na linha sucessória da família real britânica - atrás do avô, o príncipe Charles; do pai, o príncipe William, e do irmão, George, que nasceu no mesmo hospital em julho de 2013. A rainha Elizabeth II e o avô príncipe Charles foram informados e estão "encantados" com a notícia, informa o Palácio de Kensington.

Confirmado o nascimento, agora a espera será pelo nome da nova integrante da família real. Normalmente, o nome escolhido não é anunciado no mesmo dia do nascimento pela família real britânica. Nas casas de aposta, Alice, Elizabeth e Charlotte estão entre os nomes mais populares.

Felicitações. Ao conhecer a notícia do nascimento, começaram a chegar as felicitações, entre elas a do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, que disse estar "encantado por eles", e do vice-primeiro-ministro, Nick Clegg, que desejou "tudo de melhor".

O líder da oposição trabalhista, Ed Miliband, desejou ao jovem casal "felicidade e, com sorte, algo de descanso", enquanto a representante do Partido Nacional Escocês, Nicola Sturgeon, enviou "cálidas felicitações". (Com informações das agências internacionais)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.