Katia ganha força e pode se transformar em furacão

Ventos da tempestade estão a 100 km/h, abaixo dos 120 km/h que definem os ciclones

Agência Estado

31 de agosto de 2011 | 11h13

Katia (formação à direita) se desloca em direção à América Central

 

MIAMI - A tempestade tropical Katia está ganhando força no oceano Atlântico e pode se transformar num furacão ainda nesta quarta-feira, 31. O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, sediado em Miami, disse que a tempestade ainda está distante no mar e é muito cedo para dizer se vai ameaçar a costa de algum país.

 

Os ventos máximos sustentados de Katia estavam perto de 100 quilômetros por hora na manhã desta quarta-feira, abaixo dos 120 quilômetros por hora que definem um furacão. Katia deve continuar a ganhar força e se tornar um grande furacão neste final de semana.

 

O olho da tempestade tropical estava a cerca de 1.585 quilômetros a oeste de Cabo Verde e se movendo a oés-noroeste por volta de 33 quilômetros por hora.

 

O nome da tempestade substitui Katrina no sistema rotativo de nomenclatura por causa dos danos catastróficos provocados pelo furacão de 2005 que devastou Nova Orleans. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Atlânticotempestade tropicalKatia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.