Katsav contrata novo advogado para defesa em caso de abuso

O presidente israelense, Moshé Katsav, contratou neste domingo os serviços do importante advogado israelense Avigdor Feldman, para substituir seu principal advogado de defesa, o ex-ministro da Justiça David Libai, que deixou o caso.A informação foi divulgada pelo escritório presidencial em resposta à renúncia de Libai no caso. Entre a opinião pública, os comentários são de que Katsav está cada vez mais isolado no caso que enfrenta por estupro e abuso sexual.Libai, ex-ministro da Justiça israelense entre 1992 e 1996, entrou na equipe de defesa de Katsav quando este era, supostamente, extorquido por uma de suas vítimas, denúncia descartada durante a investigação, quando ainda não existia a suspeita de um crime de estupro. O encarregado da parte penal da defesa é o advogado Tzion Amir, que disse ter tomado conhecimento da decisão de Libai pela imprensa.Feldman ajudará Amir na defesa do ainda presidente israelense, que anunciou seu afastamento de suas funções oficiais por um período de três meses depois de o procurador-geral do Estado israelense, Menachem Mazuz, recomendar que seja processado.A apresentação da ata de acusação nos tribunais está à espera de uma audiência preliminar com o presidente, prerrogativa concedida, nestes casos, somente a altos líderes israelenses.Katsav foi substituído temporariamente no cargo pela presidente da Knesset (Parlamento), a deputada Dalia Itzik.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.