Keiko lidera pesquisas com pequena margem

A candidata da direita, Keiko Fujimori, ostenta uma vantagem ainda não decisiva sobre o esquerdista Ollanta Humala na corrida presidencial do Peru, que será decidida no dia 5. Nos últimos dias, os dois candidatos apelaram para a troca de acusações, suspeitas antecipadas de fraude e ameaças de bloqueio à eleição em uma região do país. As sondagens indicam uma leve vantagem para Keiko, que oscila entre 2,8 e 7 pontos, ao mesmo tempo que mostram que entre 12% e 14% dos peruanos ainda estão indecisos ou votarão em branco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.