Kennedy foi o 'maior senador dos tempos modernos', diz Obama

Presidente disse que senador conquistou respeito de aliados e adversários no Senado.

BBC Brasil, BBC

26 de agosto de 2009 | 19h30

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, declarou, nesta quarta-feira, que o senador Edward Kennedy, que morreu de câncer aos 77 anos, foi "o maior senador americano dos tempos modernos".

Em um discurso na casa onde está passando férias, em Martha's Vineyard, Obama descreveu o senador como "um dos americanos mais preparados que já serviu à democracia" dos EUA.

O presidente afirmou ainda que o trabalho de Ted Kennedy mudou a vida de milhares de americanos, "inclusive a minha", afirmou.

"No Senado dos Estados Unidos não consigo pensar em nenhum outro político que tenha conquistado o respeito dos dois lados do corredor", disse Obama sobre o democrata.

Comoção

Além de Obama, o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, também fez um discurso emocionado sobre a morte do senador Edward Kennedy.

Biden também ressaltou a simpatia de políticos governistas e da oposição americana ao senador e afirmou que Kennedy "fez todos os que trabalharam com ele ainda melhores -tanto os aliados como os adversários".

"Você não acha extraordinário que um dos homens mais partidários e liberais que serviu no Senado no último século tinha tantos adversários o apoiando", afirmou, emocionado, o vice-presidente.

Edward Kennedy morreu na madrugada desta quarta-feira, em Massachussets, nos Estados Unidos.

Relatos divulgados pela imprensa americana sugerem que o corpo do senador será enterrado no cemitério Arlington National, ao lado dos irmãos John e Robert Kennedy, que morreram assassinados.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.