Kerry abre vantagem na disputa para enfrentar Bush

Embalado pela vitória da terça-feira no caucus (assembléia partidária) de Iowa, o senador americano e pré-candidato democrata John Kerry, chegou a dez pontos porcentuais de vantagem sobre o antes favorito Howard Dean nas pesquisas para as primárias democratas. Na próxima terça-feira, o Partido Democrata realiza primárias em New Hampshire, para as quais Kerry também assume a posição de favorito.De acordo com a sondagem divulgada pelos jornais The Boston Globe e The Boston Herald, Kerry lidera as intenções de voto, com 31%, enquanto Dean está em segundo, com 21%. O general da reserva Wesley Clark, que abriu mão da campanha em Iowa, vem em terceiro, com 16%. E o senador John Edwards, segundo nas prévias de Iowa, está em quarto, com 11%. A margem de erro da pesquisa é de cinco pontos porcentuais para mais ou para menos.A queda de Dean nas pesquisas é atribuída em grande parte à reação intempestiva com a qual recebeu a notícia de que tinha ficado apenas com o terceiro lugar em Iowa. Em meio a um comício, o ex-governador de Vermont jogou o paletó no chão, abriu a camisa e arregaçou as mangas de modo a demonstrar irritação e gritou, enfurecido.Durante a campanha para a primária de New Hampshire, em Lebanon, Dean tentou minimizar os efeitos do incidente. "Ainda não recuperei minha voz da gritaria de Iowa", disse Dean. "Uso paletós baratos, digo aquilo que penso e acredito no que digo", prosseguiu. "Sigo meu coração e não minha cabeça e essa é a única chance que nós (democratas) temos de vencer George W. Bush."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.