Kerry acusa Bush de dividir a nação em raças

O candidato presidencial democrata John Kerry acusou o presidente George W. Bush de dividir a nação por origem de raça ou status socioeconômico. Kerry discursou na Associação Nacional para o Progresso das Pessoas de Raça Negra (NAACP, por sua sigla em inglês), o grupo de direitos humanos mais antigo dos EUA, onde também prometeu, caso seja eleito presidente, representar "todas as pessoas". "Pode ser que o presidente esteja muito ocupado agora para falar com vocês", afirmou Kerry, antes de completar, "mas lhes digo algo: ele terá tempo de sobra depois de 2 de novembro (data da eleição)". Bush recusou um convite para falar na NAACP. O presidente não comparece à organização desde sua campanha eleitoral de 2000, quando o grupo criticou a posição de Bush ante o escândalo causado pelo assassinato de um homem negro no Texas.

Agencia Estado,

15 de julho de 2004 | 19h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.