Kerry acusa Bush de "ineficácia assustadora"

O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos John Kerry acusou o presidente George W. Bush de manter uma política externa "assustadoramente ineficaz" e voltou a defender que a guerra ao terrorismo não deve priorizar o campo militar."Nossa diplomacia foi arrogante e ineficaz de uma forma como eu nunca vi antes", disse em entrevista neste domingo à emissora NBC. "Se eu for eleito, não apenas irei pessoalmente à Organização das Nações Unidas, como visitarei outras capitais" em busca de apoio.Kerry disse que seu adversário nas eleições de novembro conduziu a guerra ao Iraque da forma errada e afirmou que formará uma ampla aliança para dividir os custos e o fardo da reconstrução do país invadido.Ele reiterou a promessa de criar 10 milhões de empregos e cortar pela metade o déficit orçamentário se for eleito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.