Kerry acusa Rússia de 'violar compromissos'

O secretário norte-americano de Estado, John Kerry, acusou a Rússia de "violar flagrantemente seu compromisso" de conter a tensão no leste da Ucrânia e advertiu que Moscou "pagará um preço alto" se nada mudar.

AE, Agência Estado

24 de abril de 2014 | 20h33

O governo dos Estados Unidos tem ameaçado impor uma nova série de sanções financeiras a assessores e empresários próximos do presidente da Rússia, Vladimir Putin.

"Se a Rússia continuar nessa direção, não será apenas um erro grave, mas também um erro grave", disse Kerry.

Ainda segundo o chanceler norte-americano, a crescente saída de capital da Rússia nos últimos meses "é uma prévia de como o mundo livre irá reagir". Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUARússiaKerry

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.