Kerry aponta 'chance de transição'

Em sua única referência à América do Sul na sabatina de ontem no Senado dos EUA, John Kerry, nomeado para chefiar o Departamento de Estado, declarou haver chances de "transição" na Venezuela e de melhoria na relação com Caracas. "Dependendo do que se passe na Venezuela, pode haver oportunidade para a transição." O governo venezuelano disse "lamentar" as declarações de Kerry sobre uma transição. / DENISE CHRISPIM MARIN

O Estado de S.Paulo

25 de janeiro de 2013 | 02h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.