Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Kerry chega a Pequim para discutir tensão nas Coreias

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, chegou neste sábado a Pequim para se encontrar com líderes chineses e discutir a tensão na península coreana. Os Estados Unidos esperam que a China exerça pressão sobre a Coreia do Norte para que o país abandone seu programa nuclear.

Agência Estado

13 de abril de 2013 | 09h13

O primeiro-ministro chinês Li Keqiang disse que todos precisam assumir a responsabilidade pela manutenção da paz e estabilidade na região, de acordo com a TV estatal da China. Li afirmou que o conflito na península comprometerá o interesse de todas as partes envolvidas. Nesta semana, Kerry declarou que nenhuma ajuda será concedida à Coreia do Norte antes de o país desistir de seu programa. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.