Kerry está obcecado por acordo de paz, diz Yaalon

As tensões diplomáticas entre Israel e os Estados Unidos aumentaram nesta terça-feira depois que o ministro da Defesa israelense, Moshe Yaalon, foi citado em um jornal por ter afirmado que o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, é obcecado pela busca de um acordo de paz entre israelenses e palestinos.

AE, Agência Estado

15 de janeiro de 2014 | 06h01

"A única coisa que pode nos salvar é que Kerry ganhe o Prêmio Nobel da Paz e nos deixe em paz", teria dito Yaalon em conversas privadas, segundo o jornal israelense Yediot Ahronot.

O escritório de Yaalon emitiu um pedido de desculpas nesta terça-feira e recebeu mensagens de repressão dos Estados Unidos.

A porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki, disse que os comentários de Yaalon "eram ofensivas e inapropriadas, especialmente tendo em conta tudo o que os Estados Unidos estão fazendo para apoiar as necessidades de segurança de Israel." Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
euakerryisrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.