Kerry faz ofensiva diplomática para ação contra Síria

O secretário de Estado americano, John Kerry, realiza uma ofensiva diplomática na Europa neste domingo em busca de amparo para ataques militares na Síria, após Washington e Paris alegarem que o apoio estava crescendo.

AE, Agência Estado

08 de setembro de 2013 | 09h33

Entrando em uma semana crucial para os planos dos Estados Unidos de lançar os ataques, Kerry estava reunido com ministros da Liga Árabe, em Paris, e depois vai a Londres, antes de voltar a Washington na segunda-feira para continuar a busca por apoio internamente.

O Congresso americano volta do recesso de verão na segunda-feira para apreciar os planos de ataque do presidente Barack Obama. Além disso, os inspetores da Organização das Nações Unidas (ONU) devem divulgar um relatório sobre o uso de armas químicas no fim de semana.

Washington acusa o regime de Assad do uso de armas químicas no dia 21 de agosto, que levou a morte de mais de 1.400 pessoas. O confronto continua na Síria, com reportagens de que as forças rebeldes tomaram o controle da histórica cidade cristã de Maalula, a norte de Damasco. Fonte: Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUAKerryofensivaSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.