Kerry: mundo precisa intensificar esforços contra ebola

Kerry: mundo precisa intensificar esforços contra ebola

Suas declarações foram feitas pouco depois do anúncio da morte do primeiro paciente diagnosticado com ebola nos Estados Unidos

O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2014 | 13h16

O secretário de Estado norte-americano John Kerry fez um apelo aos países para que "intensifiquem" suas respostas ao surto do vírus do ebola. Ele disse que mais dinheiro, equipamentos e pessoal são necessários imediatamente.

No apelo feito nesta quarta-feira, Kerry disse que há progressos contra a doença, mas que eles são muito lentos e que o mundo não está onde precisa no que diz respeito ao combate à disseminação da doença.

Falando ao lado do secretário de Relações Exteriores britânico, Philip Hammond, Kerry disse que é essencial que as companhias aéreas continuem voando para a África ocidental e que as fronteiras continuem abertas para permitir a movimentação de ajuda e de equipes médicas. Suas declarações foram feitas pouco depois do anúncio da morte do primeiro paciente diagnosticado com ebola nos Estados Unidos, em Dallas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAebolaKerry

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.