Kerry obtém apoio da maior central sindical

Reforçado por mais uma promessa de apoio - a da maior central sindical dos EUA, a AFL-CIO -, o senador de Massachusetts John Kerry disputou neste sábado os caucuses no Estado de Nevada e no Distrito de Colúmbia, onde 40 delegados estavam em disputa.O presidente da AFL-CIO, John Sweeney, marcou para quinta-feira uma reunião do conselho da central, que reúne 64 sindicatos com um total de 13 milhões de filiados, para oficializar o apoio a Kerry - que ganhou na sexta-feira o endosso do ex-rival Wesley Clark.A AFL-CIO é um dos pilares do Partido Democrata e seu anunciado apoio a Kerry indica que ela já quer concentrar-se na campanha contra Bush.WisconsinMas o principal foco da campanha no momento é o caucus de terça-feira em Wisconsin, onde estarão em disputa 72 delegados.Enquanto eram realizados os caucuses em Nevada e DC - cujos resultados ainda não estão disponíveis -, Kerry e o também senador John Edwards estavam em outra parte: ambos participariam nesta noite de um jantar de arrecadação de fundos em Milwaukee, capital de Wisconsin. Está marcado, também em Milwaukee, um debate entre os aspirantes democratas.Cinco democratas disputam a nomeação de seu partido para concorrer contra o presidente George W. Bush nas eleições de 2 de novembro. São necessários 2.161 delegados para obter a nomeação. Kerry já tem 539 delegados, o ex-governador de Vermont Howard Dean tem 182 e Edwards, 166.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.