Kerry vai a Viena para negociações nucleares iranianas

Kerry vai a Viena para negociações nucleares iranianas

Com a aproximação do prazo final, o secretário de Estado deu início a uma série de encontros diplomáticos de alto nível

Estadão Conteúdo

20 de novembro de 2014 | 10h49

O secretário de Estado norte-americano John Kerry vai viajar para Viena ainda nesta quinta-feira, onde vai participar das negociações sobre os programa nuclear iraniano. O prazo final para que um acordo seja alcançado é 24 de novembro.

A porta-voz do departamento de Estado Jen Psaki disse que Kerry irá de Paris para a capital austríaca para "verificar" as negociações. Ainda não estava determinado por quanto tempo ele ficará em Viena, o que deixa em aberto a possibilidade de que ele não permanecerá na cidade até o final do prazo, na segunda-feira. Kerry vai se reunir com o grupo de negociadores dos Estados Unidos antes de marcar encontros com outros participantes.

Era esperado que Kerry participasse nas negociações de Viena, mas a data de sua chegada era incerta até pouco antes de ele chegar a Paris para conversar com os ministros de Relações Exteriores da Arábia Saudita e da França, após dois dias de reuniões semelhantes em Londres com representantes da diplomacia britânica e de Omã.

O secretário de Estado norte-americano vai participar de uma coletiva de imprensa em Paris, após reunir-se com o ministro de Relações Exteriores Laurent Fabius, antes de partir para Viena.

Com a aproximação do prazo final, Kerry deu início a uma série de encontros diplomáticos de alto nível, numa tentativa de última hora para garantir o acordo ou, pelo menos, evitar que todo o processo entre em colapso, após as conversações terem sido estendidas uma vez.

Negociadores em Viena passaram três dias correndo contra o tempo para chegar a um pacto, nos próximos cinco dias, que impeça do Irã de chegar à capacidade de produzir armas atômicas.

Apesar dos esforços de Kerry, há sinais crescentes indicando que o dia 24 chegará sem um acordo fechado e que as negociações serão estendidas uma segunda vez.

Kerry reuniu-se na terça e quarta-feira em Londres com o ministro de Relações Exteriores de Omã, Yusuf bin Alawi, que faz a ligação entre Washington e Teerã, informou um graduado funcionário do governo norte-americano. Bin Alawi esteve na capital iraniana no último final de semana. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.