Kerry vai decidir em breve se partes estão dispostas a assinar cessar-fogo em Gaza

"Diferenças persistem entre as partes, então o foco dele é encontrar uma fórmula que ambos os lados possam aceitar", disse fonte

REUTERS

24 de julho de 2014 | 16h07

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, não ficará no Oriente Médio indefinidamente tentando fechar um cessar-fogo para acabar com o conflito na Faixa de Gaza e decidirá em breve se as partes envolvidas estão dispostas a chegar a um acordo, disse uma autoridade dos EUA nesta quinta-feira.

"Diferenças persistem entre as partes, então o foco dele é encontrar uma fórmula que ambos os lados possam aceitar", disse a autoridade. "Mas ele não está aqui por um período de tempo indefinido e no futuro próximo ele determinará se há disposição para chegar a um acordo sobre um cessar-fogo."

(Reportagem de Arshad Mohammed)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOORMEDKERRY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.