Khamenei: 'Não estou otimista com negociação nuclear'

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, disse neste domingo que não está otimista com as negociações nucleares, mas afirmou que apoia os encontros. As declarações dele ocorrem próximas à nova rodada de negociações com o chamado P5+1 (os cinco países com assento permanente no Conselho de Segurança da ONU - EUA, Reino Unido, França, China e Rússia - mais a Alemanha), nos dias 7 e 8 deste mês.

AE, Agência Estado

03 de novembro de 2013 | 09h57

"Não estou otimista sobre as negociações, mas, com a graça de Deus, não vamos sofrer perdas também", disse Khamenei. "Seria melhor se as negociações dessem frutos, mas, se não houver resultados, o país deve confiar em si mesmo", afirmou ele a um grupo de estudantes em sua residência, um dia antes da data que marca a tomada da embaixada dos EUA em Teerã, em 1979. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
IRÃNUCLEAR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.