Khatami é reeleito com maioria absoluta

O presidente do Irã, Mohammad Khatami, foi reeleito por maioria absoluta nas eleições de ontem, confirmaram hoje autoridades do Ministério do Interior iraniano. Apurados oficialmente pouco mais de 23 milhões de votos (de 41 milhões), o reformista Khatami obtinha quase 77% dos sufrágios emitidos. A porcentagem de votos do principal rival de Khatami nesta eleição, o conservador Ahmad Tavakoli, não foi divulgada nos primeiros boletins parciais oficiais.Se os números oficiais já são mais do que suficientes para garantir a vitória do reformista no primeiro turno, projeções estatísticas paralelas apontam para um triunfo ainda mais arrasador de Khatami. Segundo os especialistas, o resultado final deve conferir ao atual presidente entre 77% e 80% dos votos emitidos, enquanto a votação de Tavakoli deve oscilar entre 12% e 15%. Em 1997, Khatami foi eleito com 70% dos votos.Segundo o Ministério do Interior, a participação na eleição foi de 83%, a mesma de 1997. Partidários de Khatami prometiam hoje reunir "milhões de iranianos nas ruas" para celebrar a vitória após a apuração total dos votos e ao cair da noite, para fugir aos efeitos do calor de 37 graus que castigava Teerã. "Preparamos uma festa semelhante à da classificação da seleção de futebol para a Copa do Mundo de 1998", disse um dos partidários do presidente, referindo-se à maior manifestação de orgulho popular no país desde a vitória da Revolução Islâmica de 1979 - que impôs aos iranianos o rigor da ortodoxia muçulmana xiita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.