Kim Jong Il se recupera de derrame, diz Coréia do Sul

O presidente norte-coreano Kim Jong Il está se recuperando de um derrame cerebral e ainda controla o regime do seu isolado país comunista, disse hoje o governo da Coréia do Sul, rejeitando versões de que o líder da Coréia do Norte esteja gravemente enfermo. O presidente da Coréia do Sul, Lee Myung-bak, realizou hoje uma reunião de ministros de defesa e segurança, que receberam informações da inteligência sul-coreana de que Kim está em recuperação, disse Lee Dong-Kwan, porta-voz da presidência.O líder da Coréia do Norte não está atualmente em "sérias condições" de saúde, disse o porta-voz da Coréia do Sul em comunicado, após o encontro em Seul. As especulações sobre uma possível doença aumentaram após o líder norte-coreano, de 66 anos, não comparecer ontem à parada em comemoração aos 60 anos de fundação do Estado comunista. "Não existem problemas com a saúde do líder", disse Kim Yong Nam, o número dois no regime de comunista de Pyongyang, à agência de notícias japonesa Kyodo, durante as comemorações.Há semanas Kim não aparece em eventos públicos e, segundo alguns rumores, médicos estrangeiros foram trazidos para tratá-lo. O Serviço Nacional de Inteligência da Coréia do Sul informou a um comitê parlamentar que havia recebido relatórios de inteligência, segundo os quais Kim foi recentemente submetido a uma cirurgia não especificada no sistema circulatório. Ainda segundo esse relato, a saúde de Kim melhorou bastante deste então. O funcionário responsável pela informação pediu anonimato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.