KCNA/via REUTERS
KCNA/via REUTERS

Kim Jong-un recebe delegação chinesa, em nova mostra de aproximação

Em um novo gesto de aproximação entre os dois países após anos de tensões, o líder norte-coreano se reuniu com o diretor de relações internacionais do Partido Comunista da China (PCCh)

EFE

15 Abril 2018 | 01h37

SEUL - O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, recebeu uma delegação chinesa que acompanha um elenco artístico de visita a Pyongyang, em um novo gesto de aproximação entre os dois países após anos de tensões, informou a agência estatal "KCNA" neste domingo, 15.

Kim se reuniu neste sábado, 14, com o diretor de relações internacionais do Partido Comunista da China (PCCh), Song Tao, e ambos trocaram seus pontos de vista em relação a "assuntos importantes de interesse mútuo a situação internacional", detalhou a "KCNA".

Song lidera uma delegação que chegou na sexta-feira a Pyongyang e que inclui um elenco artístico que participa do Festival da Primavera de Abril, um evento que faz parte das celebrações do Dia do Sol, lembrando o aniversário hoje do fundador do regime, Kim Il-sung (avô do atual líder máximo, Kim Jong-un).

+++ Kim Jong-un faz primeiro comentário oficial sobre diálogo com EUA

Segundo detalhou a agência estatal, o líder norte-coreano expressou sua "satisfação" com o recente desenvolvimento das relações bilaterais entre os dois países.

Kim Jong-un visitou pela primeira vez a China em março passado, uma viagem secreta que reabriu os laços entre ambos os governos, que tinham ficado paralisados pelo desacordo de Pequim com o programa nuclear e balístico norte-coreano e o conseguinte apoio das sanções da ONU contra Pyongyang. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.