Ahn Young-joon/AP
Ahn Young-joon/AP

Kim supervisionou teste de 'nova arma' norte-coreana

Esta foi a sexta série de disparos feitas pela Coreia do Norte desde 25 de julho

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2019 | 03h05

Seul - O líder norte-coreano, Kim Jong-un, supervisionou nesta sexta-feira, 16, o teste de uma "nova arma", anunciou a agência oficial de notícias KCNA neste sábado, 17. Esta foi a sexta série de disparos do país desde 25 de julho.

O tiro deve complicar os esforços do enviado especial americano à Coreia do Norte, Stephen Biegun, que na próxima semana viaja a Japão e Coreia do Sul para discutir a 'desnuclearização' da Coreia do Norte.

Segundo o Estado-Maior sul-coreano, dois projéteis foram disparados da região da cidade de Tongchon, na província de Kangwon (sudeste), em direção ao Mar do Leste, também conhecido como Mar do Japão. 

Ao comentar os testes precedentes, Kim Jong-un, afirmou que se tratava de uma "advertência solene" às manobras militares conjuntas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

A Coreia do Norte considera que os exercícios conjuntos frequentes são uma preparação para uma eventual invasão de seu território.

O regime norte-coreano alertou que o início das manobras impediria a retomada das conversações entre Pyongyang e Washington sobre o arsenal do país. AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.