Kirchneirismo contra 'Clarín'

O Grupo Clarín, que foi aliado do casal Néstor e Cristina Kirchner entre 2003 e 2008, passou a ser considerado "inimigo" a partir da crise com o setor ruralista, quando a empresa deixou claro que não apoiaria o governo. Desde então, a presidente tem tomado medidas contra o grupo, como acusações contra diretores da empresa e pedido de investigações.

O Estado de S.Paulo

19 Maio 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.