Kirchner nega planos de visitar Cuba

O presidente da Argentina, Néstor Kirchner, negou que tenha planos de viajar a Cuba num futuro próximo. "Não tenho nenhum plano de viajar em breve a Cuba", disse Kirchner em entrevista ao canal de TV a cabo Todo Noticias. Mas ele avisou: "Quando tiver de fazer, vou fazer; visitarei qualquer país que tenha que visitar". Em 13 de outubro do ano passado, em Havana, o chanceler argentino, Rafael Bielsa, afirmou que Kirchner viajaria a Cuba em fevereiro deste ano. Mas, ontem, o próprio Bielsa indicou que "esta visita não está definida". O jornal El Clarín informou em sua edição de hoje que Kirchner cancelou sua participação no Fórum Econômico Mundial, que será realizado em Davos, Suíça, entre 21 e 22 deste mês, e uma viagem a Estocolmo, onde deveria participar de um congresso mundial contra o genocídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.