Kirchner terá alta na terça ou quarta-feira

O presidente argentino, Néstor Kirchner, evolui bem da crise gastrointestinal que provocou sua internação. O médico particular de Kirchner, Luis Buonomo, afirmou, neste domingo, que o presidente deverá receber alta média nesta terça ou quarta-feira. "Mas o tratamento deve estender-se por mais quatro semanas", completou o médico.Kirchner está internado desde sexta-feira no hospital Regional de sua cidade natal, Río Gallegos, capital da província de Santa Cruz, 2.700 km ao sul de Buenos Aires. Ele descansava de um passeio turístico pelas Cordilheiras dos Andes quando se sentiu mal, na noite de quinta. Foi levado a Río Gallegos na manhã seguinte. Os médicos atribuíram o mal-estar à ingestão de um forte analgésico receitado para aliviar dores de um tratamento odontológico a que o presidente havia se submetido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.