Kirchner toma posse na Argentina

A difícil transição na Argentina após a renúncia do presidente Fernando De La Rúa teve fim hoje com a posse de Néstor Kirchner, que herdará uma dívida gigantesca e um país mergulhado na pobreza. Kirchener e seu vice, Daniel Scioli, juraram por "Deus, nosso senhor, e pelos Santos Evangelhos", diante de deputados, senadores e de governos de diferentes países. A multidão que aguarda do lado de fora do Congresso saudou quando os alto-falantes difundiram os juramentos do novo presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.