KLM irá cancelar voos para Irã a partir de abril

A companhia aérea KLM irá cancelar seus voos para o Irã a partir de abril, deixando a alemã Lufthansa como a única empresa com sede na Europa Ocidental a oferecer serviços a Teerã, capital do país. Um porta-voz da KLM informou neste sábado que a decisão foi motivada por fatores econômicos e não por razões políticas.

Agência Estado

12 de janeiro de 2013 | 15h53

A KLM irá comercializar bilhetes para a capital do Irã até o fim de março. Por motivos de revisão de rota, a companhia também deixará de atender as cidades Addis Ababa, na Etiópia, e Khartoum, no Sudão. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
LufthansaEtiópiaSudão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.