Koehler, ex-FMI, é novo presidente da Alemanha

O ex-presidente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Horst Koehler, de 61 anos, foi eleito hoje o novo presidente da Alemanha. Ele derrotou a professora universitária Gesine Schwan, com 604 votos, em uma assembléia especial formada por 1.204 legisladores e delegados realizada no edifício do parlamento, Reichstag, em Berlim. Gesine teve 589 votos. Koehler substiruirá Johannes Rau, membro do Partido Social Democrata, que deixa seu posto depois de cinco anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.