Vahid Salemi/AP
Vahid Salemi/AP

Kofi Annan diz que presidente da Síria discute formar um governo de transição

Enviado especial da ONU afirma que Assad propôs o nome de uma pessoa para ser interlocutora do regime

AP,

11 de julho de 2012 | 16h09

GENEBRA - O enviado especial da ONU para o conflito sírio, Kofi Annan, afirmou que o presidente da Sìria, Bashar Assad, discutiu a possibilidade de formar um governo de transição no país. Uma reunião ocorrida em Genebra no mês passado propôs justamente a formação de um governo com a participação de pessoas da oposição.

Veja também:

link Irã pede que ONU vigie fronteiras sírias para evitar contrabando de armas

link Rússia propõe resolução para estender missão da ONU na Síria

Nessa semana, Annan disse, durante um discurso em Damasco, que Assad "ofereceu" o nome de alguém que possa ser um interlocutor do regime enquanto se pensa em maneiras de formar um governo de transição. O enviado da ONU ressaltou que está considerando a sugestão do presidente sírio, mas não indicou o nome citado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.