Kofi Annan lamenta morte de Nelson Mandela

O ex-secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, lamentou a morte do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, e disse que o mundo perdeu "um líder visionário, uma corajosa voz pela justiça e uma clara bússola moral".

AE, Agência Estado

06 de dezembro de 2013 | 05h13

Desmond Tutu, arcebispo da Igreja Anglicana e vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 1984 pela luta contra o Apartheid na África do Sul, declarou que Mandela inspirou os sul africanos a aprenderem o perdão e a reconciliação. "Deus foi tão bom com a África do Sul em nos dar Nelson Mandela como presidente em um momento crucial de nossa história", disse. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
MandelaMorteKofiAnnanTutu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.