Reuters
Reuters

Kofi Annan quer reunião com Irã para abordar situação da Síria

'Neste momento, estamos discutindo datas convenientes para todos com as autoridades iranianas', disse porta-voz de Annan

Reuters e Efe,

30 de março de 2012 | 07h59

GENEBRA - O mediador da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Kofi Annan, deverá visitar o Irã para abordar a situação de violência na Síria, mas ainda não há uma data definida, confirmou nesta sexta-feira, 30, em Genebra o seu porta-voz, Ahmad Fawzi.

Veja também:

linkONU afirma que um milhão de sírios precisam de ajuda humanitária

 

"Neste momento, estamos discutindo datas convenientes para todos com as autoridades iranianas. (Annan) pretende ir a Teerã, mas isso não está confirmado ainda", declarou o representante do mediador.

O interesse de Annan em visitar o Irã para abordar a crise síria faz parte de sua estratégia de reunir-se com as autoridades de países-chave na região e buscar apoio a sua missão de mediação.

A principal mensagem que o ex-secretário-geral da ONU transmite nessas reuniões é a da importância da "unidade da comunidade internacional" para pôr fim à violência política na Síria, assinalou Fawzi. 

 

Plano de paz

 

Em relação ao plano de paz proposto pelo enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Kofi Annan, o porta-voz Ahmad Fawzi disse que as forças do governo sírio devem implementar um cessar-fogo.

 

"Esperamos que ele (o presidente sírio Bashar Assad) implemente esse plano imediatamente", afirmou Fawzi em breve declaração à imprensa em Genebra, na Suíça.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Primavera ÁrabeIrãSíriaKofi Annan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.