Koizumi esclarecerá à noite posição do Japão

O primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, pretende explicar a posição de seu governo em relação a uma possível guerra contra o Iraque e esclarecer os seus comentários contraditórios sobre a questão que causaram descontentamento entre a população japonesa, de acordo com fontes governamentais consultadas pela agência de notícias Kyodo News. O premier deve fazer seus comentários em um encontro regular com a imprensa por volta do horário de almoço no Japão (meia-noite no Brasil), logo após o discurso que o presidente dos EUA, George W. Bush, deverá fazer sobre a crise no Iraque.Autoridades japonesas afirmaram que os detalhes do pronunciamento do premier japonês ainda não formam determinados, mas sinalizaram que a administração japonesa deve apoiar uma decisão de ataque ao Iraque, desde que Washington afirme que a guerra servirá para punir Bagdá por ignorar as resoluções da ONU sobre desarmamento. Pesquisa realizada pela agência Kyodo no sábado e domingo mostrou que 90% dos japoneses consideraram "insuficientes" as explicações de Koizumi. Ao responder a perguntas sobre qual seria a postura do governo japonês sobre um possível ataque ao Iraque, Koizumi afirmou que tentaria encontrar um equilíbrio entre a unidade da sociedade global e as ligações do Japão com os EUA. A posição de Koizumi tem sido criticada pela população e pelos seus principais opositores políticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.