Korean Air Lines desvia vôos para escapar da guerra

A companhia aérea Korean Air Lines disse que os seus vôos de carga que originariamente deveriam passar por Tashkent, no Uzbequistão, serão desviados, por conta dos ataques liderados pelos Estados Unidos ao Afeganistão. Os vôos de carga da empresa que cruzam a Europa normalmente reabastecem em Tashkent. Agora, segundo o porta-voz da Korean, Crimson Lee, eles deverão ser reabastecidos na Rússia, por tempo indefinido. Na manhã de hoje, um vôo de carga da companhia, que ia para a Europa, não reabasteceu em Tashkent e voltou ao aeroporto internacional de Incheon, em Seul. Outro vôo, que vinha da Itália, também não aterrissou na cidade do Uzbequistão, e optou por reabastecer na Rússia. O porta-voz da Korean disse que a empresa não tem vôos com passageiros que passem pelo Uzbequistão, país que faz fronteira com o Afeganistão. A Asiana Airlines, também da Coréia do Sul, tem um vôo de carga e outro de passageiros que passam por Tashkent, mas a empresa ainda não informou nada sobre esses serviços. Entretanto, um vôo de carga da companhia que vinha da Europa com destino a Seul, que normalmente reabastece na cidade do Uzbequistão, mudou esta manhã sua rota e passou por Anchorage, no Alaska, atrasando sua chegada em oito horas. As informações são da Dow Jones. Leia o especial

Agencia Estado,

08 Outubro 2001 | 14h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.