Korei diz que expulsão de Arafat é "destrutiva para a paz"

O primeiro-ministro palestino, Ahmed Korei, disse que a decisão do Gabinete de segurança israelense, de expulsar o presidente da Autoridade Nacional Palestina, yasser Arafat, é ?destrutiva para todos os esforços em curso com o objetivo de restaurar a quietude, a paz e a estabilidade à região?. E acrescentou, ?pedimos às pessoas sábias de todo o mundo que detenham essa decisão louca?.Korei disse ainda que expulsar Arafat ?explodirá por toda a região? e bloqueará os esforços do novo governo palestino para ?impor a lei e a ordem?.Em declaração, o Gabinete afirma que ?eventos recentes provam que Yasser Arafat é um obstáculo total a qualquer processo de reconciliação? e que ?Israel agirá para remover esse obstáculo de modo, no momento e nas formas que serão decididos em separado?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.