Kosovares vão às urnas para eleger Assembléia

Os eleitores de Kosovo foram às urnas hoje para dar a essa província iugoslava sob administração da Organização das Nações Unidas (ONU) poderes de autogoverno, dois anos e meio depois que os bombardeios da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) encerraram o férreo domínio sérvio sobre a região. Numa votação em que a maioria de etnia albanesa espera - e a minoria sérvia teme - que aproxime o Kosovo da independência, será eleita uma Assembléia de 120 membros que escolherá o presidente e o governo da província. Os primeiros resultados devem sair amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.