Kosovo tem terceiro dia de violência

A explosão de uma granada, lançada por um grupo de albaneses étnicos, feriu hoje nove soldados da Otan em Kosovo, e outros três sofreram ferimentos em um ato separado de violência, marcando o terceiro dia consecutivo de conflitos por razões étnicas na província iugoslava. A granada foi lançada contra um grupo de soldados franceses que estava próximo a seu quartel na cidade de Kosovska Mitrovica. De acordo com o capitão Robert Latorre, um dos porta-vozes da Otan, um dos nove soldados foi ferido seriamente.Em um outro ponto, três outros soldados franceses que patrulhavam uma ponte que separa albaneses étnicos de sérvios, na mesma cidade, foram atingidos por pedras lançadas por albaneses que estavam do lado sul do Rio Ibar. Segundo Latorre, de tempos em tempos as tropas lançavam bombas de gás lacrimogêneo contra os albaneses, para evitar que a turba tomasse a ponte.Tais incidentes marcaram o terceiro dia seguido de violência nesta cidade industrial. Ontem, albaneses étnicos enfurecidos pela morte de um jovem, no dia anterior, enfrentaram soldados da Otan, ferindo 13 deles. Depois dos incidentes de ontem, mais tropas foram enviadas à cidade. De acordo com o chefe da Otan em Kosovo, tenente-general Carlo Cabigiosu, mais reforços poderão ser enviados ao local se necessário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.