Kremlin está 'desapontado' com cancelamento de cúpula

O governo da Rússia está "desapontado" com a decisão do presidente norte-americano Barack Obama de cancelar uma cúpula bilateral no início de setembro com o presidente Vladimir Putin, informou o Kremlin nesta quarta-feira.

Agência Estado

07 de agosto de 2013 | 12h21

"Estamos desapontados", disse o principal assessor de política externa de Putin, Yury Ushakov, aos jornalistas, acrescentando que ficou claro para Moscou que a decisão tem ligação com a concessão de asilo temporário a Edward Snowden, que divulgou a existência de programas de vigilância norte-americanos.

Ushakov disse também que os acontecimentos mostram que os Estados Unidos não estão prontos para relações "em igualdade de condições" com a Rússia, mas disse que o convite para a visita de Obama continua em vigor. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaEUAcúpula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.