Kuwait afasta plataformas de petróleo da fronteira

A companhia estatal Kuwait Oil Co. (KOC) começou a retirar as plataformas de petróleo dos campos do norte do país, para minimizar os prejuízos que podem ser provocados por uma potencial retaliação do Iraque a qualquer ataque dos Estados Unidos.A medida de precaução ocorre na seqüência da decisão do governo do Kuwait de transformar 60% do país em zona militar a partir de amanhã, diante da perspectiva de uma guerra em sua fronteira norte com o Iraque, disseram fontes de uma companhia de petróleo que opera no país.No início desta semana, a KOC tomou a decisão de mover pelo menos uma plataforma de um campo no norte para outro no sul do país, disse uma fonte.Outras plataformas também poderão ser removidas no futuro próximo, acrescentou a fonte, com a KOC buscando aumentar a extração nos campos do sul do país para compensar qualquer perda na produção.Não está claro quanto da produção atual, de 2 milhões de barris/dia, será afetada com a decisão de mudar as plataformas para o sul do país. Contudo, oficiais iraquianos sempre dizem que os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) tentarão manter suas exportações, mesmo se houver uma guerra. Funcionários do governo do Kuwait não estavam disponíveis para comentar a mudança das plataformas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.