Kuwait identifica homens que atacaram fuzileiros dos EUA

O Ministério do Interior do Kuwait identificou os dois homens que foram mortos hoje depois de dispararem contra fuzileiros navais norte-americanos que participavam de manobras militares. Eles eram os cidadãos kuwaitianos Anas al-Kandari, nascido em 1981, e Jassem al-Hajiri, nascido em 1976. O governo do emirado caracterizou o incidente como um "ato terrorista". O tiroteio aconteceu na ilha de Failaka, na costa kuwaitiana, no Golfo Pérsico. Os dois homens dispararam de uma caminhonete contra os marines, matando um deles e ferindo outro antes de ser mortos. De acordo com um comunicado da 5ª Frota da Marinha norte-americana, 31 pessoas foram detidas depois do tiroteio e interrogadas pelas autoridades kuwaitianas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.