Kuwait proíbe aglomerações de mais de 20 pessoas

O governo do Kuwait proibiu nesta terça-feira aglomerações de mais de 20 pessoas e autorizou a polícia a dispersar reuniões não autorizadas.

AE, Agência Estado

23 de outubro de 2012 | 11h38

A decisão sinaliza o aprofundamento da tensão entre o governo, aliado do Ocidente, e grupos de oposição liderados por islamitas.

A proibição a aglomerações superiores a 20 pessoas foi publicada hoje pelos jornais do Kuwait. No domingo, a polícia reprimiu um protesto no qual milhares de pessoas exigiam mudanças nas leis antes das eleições parlamentares de 1º de dezembro. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Kuwaitprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.