Kuwait vai reabrir embaixada no Iraque após 17 anos

O ministro de Relações Exteriores kuwaitiano, o xeque Mohammed al-Sabah, anunciou que seu país planeja reabrir sua embaixada no Iraque, que está fechada há 17 anos, dando um passo rumo à retomada dos laços diplomáticos.Segundo a imprensa kuwatiana, o anúncio foi feito durante a visita do primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, ao emirado."Pedimos ao Iraque o envio de um embaixador ao Kuwait e, em troca, nós nomearemos o nosso", disse Sabah, segundo a edição desta quarta-feira, 25, do jornal The Kuwait Times.Um problema para reabrir a embaixada, porém, é a péssima situação da segurança no Iraque. Mas Sabah afirmou que "já está em andamento a busca de um bom lugar na ´zona verde´", a área altamente fortificada onde ficam embaixadas e edifícios oficiais.As relações diplomáticas entre os dois países foram rompidas em agosto de 1990, após a invasão do Kuwait pelo Iraque, então governado por Saddam Hussein.Saddam ordenou a suas tropas que cruzassem a fronteira do emirado, que declarou como "província 19" do Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.