Laden tem colaboradores nos Bálcãs, diz Kostunica

O principal suspeito de ter cometido os atentados terroristas nos Estados Unidos na semana passada, Osama bin Laden, conta com uma rede de colaboradores nos Bálcãs.A informação é do próprio presidente da Iugoslávia, Vojislav Kostunica, que afirmou à AE que Belgrado irá "seguir com mais atenção" o que está ocorrendo na região a partir de agora."O que necessitamos saber são as conexões entre os terroristas e temos informações de que Bin Laden tem influência na Bósnia, Kosovo e Macedônia", disse Kostunica. Ele lembrou que, durante os conflitos dos últimos anos nas ex-repúblicas iugoslavas, afegãos também foram identificados nos campos de batalha.FBI foi informadoSegundo o presidente, as informações sobre colaboradores de Bin Laden nos Bálcãs já foram passadas ao FBI, nos Estados Unidos, antes mesmo dos atentados em Nova York e Washington."O governo norte-americano sabe que existe alguma relação entre os terroristas e já recebeu os dados que enviamos sobre ameaças nos Bálcãs", disse Kostunica. O problema, segundo ele, é que, até a semana passada, os Estados Unidos não "estavam levando em conta" as informações fornecidas por Belgrado.Kostunica, que está no poder há quase um ano, ressaltou que Belgrado conseguiu "exterminar" os terroristas no sul da Sérvia.Mas nas demais regiões, como Kosovo, Macedônia e Bósnia, a falta de controle das autoridades locais sobre o que ocorre fora dos centros urbanos acaba permitindo que campos de treinamento sejam mantidos por redes de terroristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.