Ladrões levam pias e portas de delegacia sul-africana

Episódio desperta críticas de partido de oposição.

BBC Brasil, BBC

25 de junho de 2010 | 18h24

A polícia da África do Sul investiga o roubo a uma delegacia de Carletonville, cidade a oeste de Johanesburgo. Os ladrões aproveitaram que o local estava em reforma para levar nesta semana tudo que encontraram de valor: pias, portas, azulejos, talheres, material elétrico e câmaras mortuárias, entre outros objetos.

Ainda não está claro como os criminosos não foram detectados pelo sistema de segurança, instalado por uma empresa terceirizada.

Em decorrência das obras, os policiais do local haviam sido deslocados para um prédio menor.

O episódio despertou críticas do partido oposicionista Aliança Democrática.

"É bizarro a polícia ter que investigar um crime ocorrido numa delegacia", afirmou ao jornal sul-africano South African Times a porta-voz do partido, Diane Kohler Bernard.

"A delegacia não foi apenas roubada, foi depenada", disse ela.

O partido acusa o governo de falhar com os contribuintes e criticou o Ministério de Obras Públicas, responsável pela reforma.

O aluguel da delegacia, sem celas para prisioneiros nem local para estacionamento, custa US$ 17 mil (R$ 30,3 mil) mensais aos cofres públicos.

O ministério não respondeu às críticas. Um porta-voz prometeu dar detalhes do caso "assim que possível."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.