Ladrões roubam sino do Costa Concordia

Ladrões mergulhadores roubaram o sino do navio Costa Concordia, que naufragou em janeiro perto da ilha italiana de Giglio. O objeto, feito de bronze, foi fotografado após o naufrágio por mergulhadores que trabalhavam no resgate dos corpos das vítimas. O sino seria deixado na ilha após o término dos trabalhos em um memorial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.